quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Deus e o Diabo na Terra do Sol

Deus e o Diabo na Terra do Sol: meio século!




http://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/6/61/Deus_Diabo_Terra_Sol.jpg



Um dos marcos do cinema novo brasileiro! Vencedor do Festival de Cannes (1964) - França!
Indicado a Palma de Ouro.
Cinquenta anos da obra prima do direto Glauber Rocha. Filme que demonstra o grave problema da seca no Nordeste brasileiro, a luta de classes (fazendeiro coronel e paupérrimo sertanejo), a religiosidade - fanatismo, morte de crianças, fome...






SURUBA PARTIDÁRIA

SURUBA PARTIDÁRIA


http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/95/La_grande_Epidemie_de_PORNOGRAPHIE.gif


Partidos políticos do Brasil:
Políticos?
Políticas?
Os partidos são partidos mesmo?

Direita? Esquerda? Centro?
Meio? Anão? Gigante?
Camuflado? Divergente?
Conflitante? Alienante?

Ó suruba partidária!
Apátrida! Prostituída e depenada!
Mistura de promiscuidade e discursos evasivos loucos!
Ajuntamentos de aparentes conflituosos que não conflitam em nenhuma ideia?

Juntos para arrebanhar?
Juntos para lucrar?
Juntos para fazer?
Fazer o quê?

Suruba partidária!
Partidos beijam-se com suas cloacas nocivas...
Não há idealismos nem ideologias...
Há putarias para ganhar!

Numa imensa suruba imersos os partidos estão!
Então? São partidos ainda? Penso que não!
São macho e fêmeo? Não!
São hermafroditas cheias e cheias de desejos!

Um come o outro!
Dois comem um!
Duplas e triplas penetrações!
Gozam juntos ou separados!

Suruba partidária!
Vale tudo!
Tudo vale!

Assim acontece a suruba ajudando o país a ser mais e mais bandalha!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

QUINQUILHARIAS MEDIEVAIS...

QUINQUILHARIAS MEDIEVAIS...

 
 http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7c/Torture_Inquisition.jpg

Só um pouco de atenção!
Utilizando a percepção!
Alguns sentidos... Visão! Audição!
Eis algumas quinquilharias que reverberam... Há um tempão...

Medievais?
Também!
Antigas?
Também! Do tempo das pinturas rupestres! Sim, “mais um” também!

Há crenças...
Há dogmas...
Há crer sem provas...
Há velha boa nova...

Mas, devemos compreender!
Nos tempos sem o que existe e foi inventado nos últimos...
Duzentos anos!
Sem toda essa tecnologia, essa capacidade, esse saber...

Como saber sem esse saber?
Como saber sobre a pequena pedra no rim...
Pequena pedra dor imensa, corpo girando no chão...
Gritos, dores terríveis...

Não há como saber!
Então, se não há como...
É demônio pronto!
Explicado... Respondido...

Essa infinidade de espécies?
Essa amizade com os cachorros?
Esse arco, essa aliança gigante colorida no céu após a chuva?
A gravidez? Como a mulher fica grávida?

Como saber sem o saber?
Como explicar sem saber?
Como compreender a complexidade do real sem estudar o real?
Mito! Dogma! Acreditar! Crença! Fé!

Aí está a base para explicar o mundo, a realidade, o sentir, a vida... O sobrenatural!

E, tende o acreditar ser seguido do realizar...
Então:
Não levar o filho ao médico e sim benzer!
Não realizar transfusão de sangue, pois isto é como beber o sangue...
Não usar esta ou aquela roupa... Não comer isto ou aquilo...
Não dançar!
Não estudar a evolução! Ou estudar de forma errada!
Não escutar tal música!
Não praticar esporte!
Não beijar alguém que se deseja beijar!
Não ver o sexo como natural! Antes colocá-lo numa jaula...
Não aceitar o diferente!

E coisas piores:

Matar em nome de sua fé!
Cortar cabeças!
Fuzilar pessoas!
Tratar a mulher como objeto e escravizá-la!
Proibir a mulher de ter acesso ao serviço médico!
Proibir a mulher de estudar!
Matar animais!
Beber sangue!
Machucar o próprio corpo!
Morrer de inanição em nome de um deus ou crença...

Lista imensa?
Pode ser fita dez vezes maior que esta!
As quinquilharias continuam!
As quinquilharias reverberam!
Transformam-se!
Transfiguram-se!

Quinquilharias irracionais?
Seres humanos sofrem!
Morrem e debatem-se!
São banidos de suas terras!

Até quando ó quinquilharias...
Até quando ó desumanidades...
Até quando ó intolerâncias...

Até quando?